terça-feira, 7 de junho de 2011

A sinceridade na fé!

Quanto maior a sinceridade, mais pura é a fé.
Por outro lado, quanto maior a insinceridade, mais impura é a fé.
Na contramão deste mundo, a fé não é medida pelo comportamento religioso. A parábola do fariseu e o publicano que o diga! ( Lucas 18.10-14 ).
O sincero rasga a alma, “joga limpo”, não disfarça e nem esconde a sua real intenção. Ele é o que é. Sim, sim; não, não. Posição bem definida diante dos seres humanos e de Deus.
Por falta desse comportamento ético, a maioria dos supostos cristãos não vive a fé pura. A insinceridade deles acende a chama da dúvida. E, consequentemente, não há conquista.

Publicação de Bp. Edir Macedo