quarta-feira, 1 de junho de 2011

A Árvore...

Esta é a história de um homem que contratou um carpinteiro para o ajudar a consertar algumas coisas na sua fazenda. O primeiro dia do carpinteiro foi bem difícil. O pneu do seu carro furou; a serra eléctrica avariou; ele cortou o dedo; e, ao final do dia, o seu carro não trabalhou. O homem que contratou o carpinteiro ofereceu-lhe uma boleia para casa. Durante o caminho, o carpinteiro não disse nada.

Quando chegaram à casa do carpinteiro, ele convidou o homem para entrar e conhecer a sua família. Quando os dois homens estavam se encaminhando para a porta da frente, o carpinteiro parou junto a uma pequena árvore e, gentilmente, tocou as pontas dos galhos com as duas mãos.

Depois de abrir a porta da sua casa, o carpinteiro transformou-se. Os traços tensos do seu rosto abriram-se num grande sorriso, ele abraçou os seus filhos e beijou a sua esposa. Um pouco mais tarde, o carpinteiro acompanhou a sua visita até ao carro.

Assim que eles passaram pela árvore, o homem perguntou: - Porque tocou na planta antes de entrar em casa? - Ah! Esta é a minha árvore dos problemas. Eu sei que não posso evitar ter problemas no meu trabalho, mas eles não devem chegar até aos meus filhos e nem à minha esposa. Então, todas as noites, deixo os meus problemas nesta árvore quando chego a casa e pego-os no dia seguinte. E você quer saber de uma coisa? Todas as manhãs, quando volto para buscar os meus problemas, eles não são nem a metade do que eu me lembro de ter deixado na noite anterior.

“Por mais que os problemas chamem a atenção, despreze os mesmos e concentre-se em alcançar os seus objectivos. Ter problemas é inevitável, ser derrotado por eles é opcional!”